Resenha

Corretivo vegano Secret Cover Concealer Cream – Milani

Eu estava em busca por um corretivo vegano de média a alta cobertura e acabei comprando o Secret Cover Concealer Cream, da Milani. Comprei a cor Warm Beige, que pelo que vi nas resenhas, seria o que mais daria certo para o meu tom de pele.

A cor Warm Beige é um bege levemente alaranjado e como as minhas olheiras, que estão cada vez mais escuras, são puxadas para um tom de roxo/azul, ele neutraliza super bem a cor, sem que fiquem acinzentadas.

No braço | Corretivo concentrado x corretivo espalhado:

Apesar de neutralizar bem o tom das minhas olheiras, a cobertura não é muito boa. Ela pode ser definida como média e até daria para construir camadas, obtendo uma cobertura melhor (até mesmo alta), mas o grande problema é que ele acumula nas linhas de expressão.
Sim, o corretivo acumula bastante, mesmo usando pó para selar. Eu tentei usá-lo também com os primers faciais da ELF e da Bioart por baixo, mas também não funcionou. Só deu uma boa segurada com o primer HD de olhos da NYX por baixo e selando com pó em seguida. O produto por si só não segura de jeito nenhum. E isso me aborreceu porque, ou eu uso uma camada muito fina, em que a cobertura não fica muito legal, mas não acumula, ou eu cubro bem a olheira e passado um tempo vai acumular e parecer que eu envelheci uns 10 anos (como diz a Cecília Queiroz, haha). Não que tenha algum problema em envelhecer – porque não tem, mas esse não é o resultado desejado com o uso de um corretivo. 

Amostra nas olheiras:

Se nas olheiras ele acumula, você já consegue imaginar que para cobrir espinhas e marcas, o resultado não será positivo. Poderia ser um bom produto, porque tem um boa cor, fica bem em fotos, a textura também é boa, dá para espalhar bem e construir camadas. Mas o fato de acumular torna o produto ruim. 
Eu ainda vou usá-lo para tirar fotos e gravar vídeos, mas eu não compraria novamente e também não recomendo. Eu comprei por 6,49 dólares, fora o frete, na beauty joint.
Composição / Ingredientes:

Oie! Aqui é Melissa, eu sou vegana e criei o Maquiando Sem Crueldade no intuito falar sobre maquiagem cruelty-free lá em 2012 - quando não se tinha muita informação sobre isso. Atualmente falo de maquiagem dentro de uma perspectiva do veganismo. Me acompanhe também no YouTube e no Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *